quarta-feira, 28 de julho de 2010

Aprender a se amar = Rodar bicicleta

Só que eu não sou mais aquela idiota que você dizia que amava e pedia pra ficar mais um pouco, e que ficava.
Eu não quero mais ser pessoa de antes, eu quero, preciso e vou mudar. Existem certas situações que não podem se acomodar, elas tem que mudar, e a gente tem que perceber que o erro foi nosso, o erro foi meu, por ter me deixado enganar por tanto tempo.
E hoje me veio aquele surto de coragem, coragem de tentar te esquecer, e eu vou consegui. É a segunda tentativa, e dessa vez não vai ser vã, porque agora sou consciente, eu tenho uma vida inteira pela frente, e ela não pode se resumir a você. E quem é você? Que direito você tem de controlar minha vida, minha cabeça, meus pensamentos? Você é só mais um! E não vai ser nada além disso. Onde é que está o meu direito de ser feliz? Um dia ele esteve com você, um dia você foi o meu direito de ser feliz. Mas hoje enxerguei que eu sou a minha felicidade, e que não preciso de nada além de mim e de alguns amigos e familiares pra tornar essa felicidade plena.
Me sinto tão bem, tão aliviada, tão mais feliz, com tanto desejo de viver. Que consigo ver que apesar de todo 'amor' de algum tempo atrás, você tem me feito tão mal ultimamente, que não ter você é a melhor solução. Poderia ser o contrário, mas é que as circunstâncias me levam à essa escolha, irrevogável.
Se eu te amo? Claro que sim, e muito, mas é que eu aprendi a amar mais a mim. Eu só espero que aprender a se amar, seja igual a rodar bicicleta, que eu não esqueça NUNCA.
Por fim, meu muito obrigada a Lisa Benevides, pelo colo, pelos conselhos, obrigada por me fazer enxergar tudo isso. Eu sei que não foi bem isso o que você quis dizer. Disse pra eu ter paciência, mas é que eu já tive paciência demais. E chegou a minha hora, a minha vez de viver em paz.

2 comentários:

  1. Coloquei o seu blog na minha lista de blogs, o seu é o quinto blog. Só adiciono blogs realmente bons. Só os fortes sobreviverão. Um grande abraço!
    E parabéns!
    http://valdirbressane.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu também amo você guete. Eu queria poder dizer que acredito no meu amor. Mas acho que não rola :/
    Bom saber que tenho ombros para chorar assim como você sabe que tem os meus (L)
    Por: LBenevides, diretamente do seu usuário *-* KKKKKKKK, quem mandou me dá a senha? LALÁ :*

    ResponderExcluir